Menu

Dez cidades do Paraná recebem evento voltado à saúde dos servidores penitenciários


13/11/2019


“Queria fazer esse exame faz meses, mas não estou conseguindo pelo SAS. Aqui cheguei e fiz na hora”, comemorou o agente José Vanderlei, da Penitenciária Estadual de Piraquara I, após fazer o PSA, exame de sangue para diagnóstico de câncer da próstata. Assim como ele, centenas de servidores tiveram a oportunidade do autocuidado na 4ª Semana de Saúde do Trabalhador Penitenciário, realizada até esta quarta-feira (13) em dez cidades no Paraná. A ação faz parte da programação pelo Dia do Agente Penitenciário, celebrado em 13 de novembro.

Durante a abertura do evento, ontem (12), em Piraquara, o coordenador do Centro Estadual de Saúde do Trabalhador, Elizeu Freitas, comemorou o crescimento da feira. “É muito bom ver a dimensão que essa feira tomou. Tudo começou lá atrás, quando o SINDARSPEN pediu que o CEST inspecionasse o impacto do trabalho nos presídios na saúde dos agentes. Daí, veio a publicação da Operários do Cárcere e junto com ela a ideia do Sindicato de realizar uma semana voltada à saúde desses trabalhadores”, relembrou.

A Semana de Saúde do Trabalhador Penitenciário acontece numa parceria entre o SINDARSPEN, Secretaria de Saúde do Paraná (SESA), Departamento Penitenciário (DEPEN-PR) e, neste ano, também o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário (Sinssp-PR).

“Já somos os pioneiros na realização de uma feira desse porte no Paraná”, destacou o presidente do SINDARSPEN, Ricardo Miranda. A representante do DEPEN na abertura, Ellen Queiroz, disse que a ideia é que nos próximos anos seja ampliada a participação do Departamento na realização da Semana de Saúde. “Neste ano, já envolvemos as Coordenações Regionais do DEPEN na organização nas cidades. Vamos ampliar isso cada vez mais”, declarou.

A cada edição, a lista de serviços e atendimentos ofertados aos servidores durante o evento só aumenta. Entre eles, atendimento psicológico, avaliações dental e nutricional, coleta de exame preventivo e exame de mama, auriculoterapia e terapia holística, além dos básicos testes rápidos e orientações preventivas de várias doenças.

“Cheguei agora e já fiz esse exame pra ver pressão e tudo. Agora, eu vou aproveitar o que tiver mais pra fazer aqui”, disse a agente Jianice da Luz, da Penitenciária Feminina de Piraquara, após realizar o exame de bioimpedância, ofertado pela Unimed.

Neste ano, também houve o acréscimo do atendimento Jurídico do SINDARSPEN na programação e a garantia de certificado pela Escola Penitenciária aos participantes das palestras ofertadas.

A 4ª Semana de Saúde do Trabalhador Penitenciário aconteceu em Cascavel, Cruzeiro do Oeste, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Paranavaí, Ponta Grossa e Região Metropolitana de Curitiba. A coordenação técnica do evento é da enfermeira da Complexo Médico Penal, Lillian Zanchettin. 

Na avaliação da diretora Executiva do SINDARSPEN, Vanderleia Leite, que coordenou a atividade pelo SINDARSPEN, deve-se reconhecer a importância da Semana de Saúde, sem, porém, deixar de lembrar que o Governo do Estado ainda deve aos servidores penitenciários a implantação de uma política de atenção à saúde ocupacional. "No ano passado, o sindicato inclusive apresentou uma minuta desse programa, que até o momento não foi implantado", relembrou. 

Parcerias – Em cada uma das 10 cidades há o apoio das Regionais da SESA (2ª, 3ª, 5ª, 8ª, 9ª, 10ª, 12ª, 15ª e 17ª Regionais), das Secretarias Municipais de Saúde, de empresas, profissionais autônomos e instituições de ensino que oferecem atendimentos e serviços durante o evento. 

Em Curitiba, a Semana de Saúde também envolveu os detentos do Complexo de Piraquara. Internos da Colônia Penal Agroindustrial fizeram a limpeza do CIS-Piraquara, onde a feira foi realizada, e internas da Penitenciária Feminina prepararam o coffee-break servidos aos participantes.

Confira as fotos do evento.


Tags: saúde do trabalhador, agentes penitenciários