Menu

Greve de Agentes da Polícia Penal no Paraná é suspensa


05/12/2019


O Sindicato dos Agentes da Polícia Penal do Paraná informa que a greve prevista para se iniciar nesta sexta-feira (06/12) em todo estado foi suspensa. A decisão se deve ao fato de que como a Assembleia Geral Extraordinária que deliberou pela greve no último dia 3 foi convocada especificamente para definir a “Participação dos agentes penitenciários na greve de servidores públicos estaduais como parte das mobilizações contrárias à reforma da Previdência apresentada pelo Governo do Estado” não cabe mais a realização da mesma tendo em vista a aprovação às pressas realizada ontem, em dois turnos, pela Assembleia Legislativa.

Cabe ressaltar que a luta contra a reforma da Previdência de Ratinho Junior obteve alguns avanços graças à mobilização dos servidores. O texto substitutivo aprovado ontem contemplou algumas das reivindicações apresentadas pelos servidores da segurança pública, inclusive, diminuindo as diferenças que fazia com quem entrou no serviço público após a entrada em vigor da Emenda 41/2003 da Constituição Federal.

Esclarecemos que a luta pela Previdência estadual não é a mesma luta pelo Plano de Carreira, Cargos e Salários, a qual estamos travando desde o início do ano e cujo andamento está nesse momento sob análise da Secretaria de Administração e Previdência (SEAP). Se a categoria entender que há necessidade de paralisação por conta desse tema, uma nova Assembleia deverá ser convocada para esse fim, conforme determina o Regimento Interno do SINDARSPEN e o qual devemos seguir à risca para evitar qualquer questionamento legal sobre nossas ações.

Por fim, agradecemos a todos os agentes que se mobilizaram e participaram dos atos convocados. Só temos força de negociação, se mostrarmos que somos uma categoria unida na luta por nossos direitos.


Tags: