Menu

Policiais penais são absolvidos em PAD sobre a rebelião na PEL II

A defesa foi realizada pelo Jurídico do SINDARSPEN. Os servidores eram acusados de 20 fatos.
19/02/2021


Onze policiais penais defendidos pelo Jurídico do SINDARSPEN foram absolvidos pelo Conselho Superior Disciplinar Administrativo do DEPEN, no último dia 10, pelas acusações com relação à rebelião que acorreu em 2015, na Penitenciária Estadual de Londrina II.

Os servidores eram acusados de 20 fatos. Se condenados, os policiais penais poderiam pegar 20 dias de suspensão sem remuneração.

Um dos absolvidos foi o policial penal Alessandro Lemos, que comemorou o desfecho do caso. “O Jurídico do Sindicato sempre nos deu muita atenção, sempre esteve presente. Foi um PAD muito complicado, mas graças ao empenho do advogado Mário Barbosa todos os envolvidos foram absolvidos”, declarou.

Entre os serviços oferecidos pelo SINDARSPEN aos seus filiados, está a garantia de completa assistência jurídica em casos administrativos. “Todo servidor tem direito ao contraditório e à ampla defesa. Garantimos isso a todos os nossos filiados por meio de uma equipe de advogados experientes e que acumulam vitórias em defesa da nossa categoria”, explica o presidente do SINDARSPEN, Ricardo Miranda. 


Tags: Jurídico