Menu

Saiba como foi a Assembleia Extraordinária dos agentes sobre data-base e plano de carreira


06/06/2019


Em assembleia geral extraordinária realizada pelo SINDARSPEN na manhã desta quinta-feira (06) os agentes penitenciários decidiram que participarão dos atos no dia 14/06, mas sem participar da paralisação marcada para o mesmo dia. A assembleia aconteceu na sede do Sindicato, em Curitiba. A votação foi unânime.

No próximo dia 14, haverá greve geral pelo pagamento da data-base dos servidores públicos e contra a reforma da Previdência. As mobilizações começarão às 10h, na Praça Nossa Senhora Salete.

Os servidores estaduais estão desde 2016 sem reposição da inflação e já acumulam uma perda de 17% em seus salários. A proposta do FES é de que seja pago imediatamente a reposição das perdas dos últimos 12 meses, de 4,94%, e de 1% em outubro e 1% em dezembro. O restante dos atrasados ficaria para negociações futuras.  

Na mesma assembleia os agentes decidiram que haverá uma nova consulta à categoria para definir sobre o formato de participação dos agentes na greve geral que vai começar em 25/06 pelo pagamento da data-base. O movimento paredista está sendo organizado por todas as entidades sindicais que representam o funcionalismo público estadual.

Plano de Carreira, Cargos e Salários

A assembleia também debateu a proposta de PCCS apresentada pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária em 31/05. A diretoria do SINDARSPEN apresentou debateu com a categoria o documento entregue pelo titular da SESP.

A assembleia ratificou o apoio à proposta de PCCS resultante da Comissão criada pelo DEPEN com a participação do SINDARSPEN. A proposta da Comissão teve como base os debates feitos pelo Sindicato com os agentes durante plenárias regionais realizada em fevereiro e março.

A assembleia também aprovou por unanimidade a proposta do Sindicato de criação de uma comissão composta pelos delegados sindicais (onde não houver delegados, haverá representação de um agente por unidade) para ajudar na construção das negociações do PCCS entre o SINDARSPEN e o governo.    

Entenda a proposta feita pelo governo de PCCS dos agentes penitenciários

 

 


Tags: data-base; plano de carreira; PCCS