Menu

SINDARSPEN participa de reunião com deputados ligados à segurança pública para debater retirada de direitos dos trabalhadores.


30/07/2020


As forças de segurança pública do Paraná estão organizadas para combater o avanço do Governo do Paraná na retirada de direitos dos profissionais ligados à área. Na terça feira, 28 de julho,  o presidente do SINDARSPEN, Ricardo de Carvalho Miranda, participou junto com outros representantes de entidades ligadas à segurança pública, de uma reunião com os deputados Cel. Lee, Soldado Adriano José, Delegado Jacovós, Delegado Recalcatti, e Delegado Fernando.

Dentre os pontos apontados pelas lideranças, estão o avanço do governo do estado na retirada da licença prêmio, no congelamento de promoções, progressões e de salários e a não reposição da inflação desde 2015. 

Ricardo Miranda apontou aos deputados que vários policiais penais do Paraná estão com promoções atrasadas desde abril de 2018, o que vem gerando aproximadamente um prejuízo de R$ 800,00 mensais nos rendimentos. Também foi apontado que a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária - SESP, está mantendo sob sigilo a tramitação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários – PCCS. “Isso é inaceitável, uma vez houve inicialmente compromisso da SESP na construção conjunta do PCCS”, disse Ricardo.  O Presidente do Sindicato das Classes Policiais - SINCLAPOL, Kamil Salmen, assim como o Deputado Delegado Rubens Recalcatti, também relataram que a SESP está mantendo em sigilo a tramitação do PCCS dos profissionais da Polícia Civil.

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, Deputado Soldado Adriano José, se comprometeu em levar ao governador todas as pautas apresentadas pelas lideranças sindicais e associativas, além de tentar intermediar reunião junto ao Governador Ratinho Jr. Para a próxima semana, dia 04 de agosto de 2020, as lideranças sindicais e associativas convidaram o Secretário de Segurança e Administração Penitenciária do Paraná - SESP, o Coronel do Exército Rômulo Marinho Soares, para participar de reunião, que também será realizada na sede da Adepol.

Além do SINDARSPEN e dos deputados, participaram da reunião os representantes do Sindicato das Classes da Polícia Civil - SINCLAPOL, Associação dos Delegados de Polícia - ADEPOL, Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná - SINPOAPAR, Associação dos Oficiais Policiais e Bombeiros Militares do Paraná - ASSOFEPAR, Associação da Vila Militar - AVM, Associação de Defesa dos Policiais Militares Ativos, Inativos e Pensionistas do Paraná - AMAI.


Tags: PCCS, plano de carreira, policiais penais, paraná