Menu

SINDARSPEN se solidariza com dirigente sindical do DF que está sendo perseguido por atividades grevistas


16/08/2019


O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná se solidariza com o ex-presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal (Sindpen-DF), Leandro Allan Vieira, que está sendo perseguido pelas atividades sindicais que exerceu à frente da entidade.

Nesta semana, a justiça aceitou uma denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios de que o dirigente teria praticado improbidade administrativa quando presidia o Sindpen-DF. As acusações que pesam contra Leandro são pela liderança que ele exerceu nas greves de agentes penitenciários em 2016 e em 2017, quando a categoria lutava por melhores condições de trabalho no DF.

O MPDFT alega que áudios e vídeos comprovam que Allan teve papel importante nas mobilizações e que a greve teria prejudicado “direitos básicos e fundamentais dos presos e o direito da sociedade à segurança pública”.

É lamentável que o Ministério Público e a Justiça do Distrito Federal não percebam que a luta por melhores condições de trabalho no cárcere é uma luta para garantia de direitos para todos que lidam com o sistema penitenciário. Não é aceitável que a justiça tente criminalizar servidores públicos que buscam por condições dignas para exercer suas funções e, dessa forma, melhor atender aos interesses de toda a população.

 


Tags: