Menu

Apreensão de “kits cadeias” na PEFII leva sindicato reforçar pedido por interdição da unidade


29/04/2020


Na madrugada do dia 27 de abril, policiais penais apreenderam “kits cadeias” arremessados para dentro da Penitenciária Estadual de Foz de Iguaçu (PEFII). Nos kits, vários materiais foram interceptados, como celulares e fumo. Apesar do trabalho feito pelos servidores ao interceptarem o material, esta situação já se repetiu outras vezes nos últimos meses, deixando claro que a unidade está sem estrutura.

Em outubro do ano passado, o SINDARSPEN entrou com uma ação na justiça pedindo interdição parcial da unidade, até que as soluções fossem efetivadas.  O Sindicato complementará esta ação, que ainda não foi julgada, com o relato destes novos fatos.

Fotos anexadas aos comunicados registraram mais outras cinco apreensões nos dois meses anteriores. Episódios que tem se repetido devido à falta de investimento, seja pelo baixo efetivo que impede a cobertura de todos os postos de serviço, dificultando as rondas internas, varreduras nas celas, seja pelo acúmulo de serviços que acaba proporcionando pontos vulneráveis. Além destes problemas, ainda há a iluminação precária e as câmeras de monitoramento com baixa resolução e que não abarcam todo território.

Diante desta situação e também do agravamento que pode ocorrer com a pandemia do coronavírus, o Sindicato oficiou a Secretaria do Estado de Segurança e Administração Penitenciária (SESP-PR) para que providências sejam tomadas. A solicitação lista algumas medidas, tais como: contratação de efetivo, instalação de circuito eficiente, de refletores, cercas elétricas, sensores de presença com alarmes, aumento da altura das guaritas da Polícia Militar e a melhoria de iluminação.  O departamento jurídico do SINDARSPEN também ratificará ação judicial anterior com pedido de interdição da unidade.

 Para a diretora do SINDARSPEN, Vanderleia Leite, é lamentável que esta situação se mantenha. “Não existe mágica na segurança pública. É preciso investir. E, quando vemos que o governo simplesmente fará um novo PSS, sem aumento real de servidores, vemos que estamos lançados à própria sorte.”

A PEFII foi inaugurada em 2008, com capacidade original para abrigar 864 detentos, operando com 177 policiais penais. Atualmente a população carcerária nesta unidade é de 1040, com uma média de agentes trabalhando que gira em torno de 13 a 17 no período diurno, diminuindo mais ainda no período noturno. A diretoria do Sindicato se preocupa que esta situação se agrave ainda mais neste período da pandemia do coronavírus.

 

Confira registros de outras apreensões: 


Tags: apreensão, policial penal, PEFII, Foz de Iguaçu