Menu

SINDARSPEN pede que Governo do Estado garanta a vacinação de policiais penais e agentes de cadeia entre os grupos prioritários


22/01/2021


O Sindicato dos Policiais Penais do Paraná (SINDARSPEN) protocolou nesta sexta-feira (22) um pedido para que o governo do estado garanta aos policiais penais e aos agentes de cadeia do estado a vacinação contra o coronavírus entre os grupos prioritários. Segundo boletim do Departamento Penitenciário do Paraná, até 21/01 já haviam sido confirmados 2.575 casos de coronavírus entre presos e 580 entre servidores.

O Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19 do Paraná dividiu em 21 os grupos prioritários para receber a imunização contra o coronavírus no estado, tendo no grupo 10 as “forças de segurança e salvamento”. O SINDARSPEN pediu que seja garantido que os cerca de 3.000 policiais penais e 1.400 agentes de cadeia contratados sob o regime PSS sejam vacinados nesse grupo.

Na avaliação do presidente do SINDARSPEN, Ricardo Miranda, a medida trará impactos positivos na saúde ao proteger vidas e à segurança pública. “O sistema penitenciário trabalha abaixo do limite na quantidade de servidores e o elevado nível de adoecimento retira ainda mais servidores das unidades, colocando em risco toda a sociedade com a possibilidade de motins, rebeliões e fugas”, avalia.

O pedido do Sindicato alerta para o fato de que o cárcere é um ambiente aglomerado, insalubre e com pouca área de ventilação, sendo altamente propício à fácil propagação do coronavírus. Pesquisa realizada pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), apontou que os trabalhadores de unidades penais têm 83,7% de risco de contágio.

O pedido foi endereçado às Secretarias de Estado de Saúde (SESA) e de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SESP), ao Departamento Penitenciário (DEPEN-PR), ao Ministério Público e ao Conselho Permanente de Direitos Humanos do Paraná. As coordenadorias regionais do DEPEN e as Secretarias Municipais de Saúde dessas regionais também receberão o documento. 


Tags: coronavírus